Quadros - Embaixada da República de Angola

Ir para o conteúdo

Menu principal

Quadros

Criação das autarquias passa pela formação de quadros.


Luanda – A criação das autarquias locais, para além de passar pela realização de eleições, requer também uma atenção especial à formação de quadros, considerou hoje, segunda-feira, em Luanda, o secretário de Estado para os Assuntos Institucionais, Adão de Almeida.
“É antes um longo e difícil desafio que exige a criação de um conjunto de condições, sendo a primeira delas a formação de recursos humanos necessários para que a futura administração local autárquica corresponda às exigências que os angolanos têm vindo a gerar”, frisou o responsável quando discursava na abertura do ano académico 2013, do Instituto de Formação de Administração Local (IFAL).
É preciso reflectir sobre o perfil dos quadros que se pretende para fazer face aos desafios que os angolanos têm pela frente, uma tarefa que deve começar com um levantamento rigoroso dos quadros existentes actualmente na administração local do Estado, disse Adão de Almeida.
Segundo o responsável, este estudo deve terminar com a definição de um rigoroso e ambicioso plano de formação de quadros para as futuras autarquias locais. “Só assim poderemos esperar delas o contributo adicional de que precisamos para uma melhor administração local”.
O secretário de Estado fez votos de que o presente ano académico sirva para colocar mais uma importante pedra na construção sólida e sustentável de um edifício ao serviço de uma administração local moderna, responsável e eficiente.
Por outro lado, Adão de Almeida sublinhou que o sucesso das políticas do Executivo nos domínios da satisfação das necessidades colectivas do combate à pobreza depende de todos os angolanos, em particular da administração local.
A margem da abertura do ano de formação 2013 do IFAL, foi lançado o primeiro caderno do Núcleo de Estudos do Território e da Administração Local (NETAL) referente aos meses de Janeiro, Fevereiro e Março.
O NETAL é uma oficina de ideias para discutir, fomentar, sistematizar e produzir conhecimento sobre assuntos relevantes na área da Administração Local, incluindo o relacionamento com as Autoridades Tradicionais, a governação e gestão pública.
A cerimónia, realizada nas instalações do IFAL, foi assistida por governadores e vice-governadores provinciais, administradores municipais, docentes, entre outros convidados.





Fonte : ANGOP

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal