Angola assume ónus da tradução simultânea em África - Embaixada da República de Angola

Ir para o conteúdo

Menu principal

Angola assume ónus da tradução simultânea em África

Angola assume ónus da tradução simultânea em África


A República de Angola passará a assumir a liderança do processo de traduçăo simultânea de línguas estrangeiras para Portuguęs, nos eventos internacionais que ocorram em África, fundamentalmente na zona Austral.
A decisăo saiu de um encontro do Fórum dos secretários-gerais da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP),   reunidos esta segunda-feira, em Genebra,
á margem da 130Ş Assembleia da Uniăo Interparlamentar (UIP).
O anúncio foi feito
á imprensa, pelo secretário-geral da Assembleia Nacional, Pedro Neri, que disse terem acordado que os orçamentos sejam aleatórios, em funçăo dos custos encontrados no país organizador de cada actividade.
Explicou que caso os eventos ocorram em Angola, caberá aos angolanos assumir os custos inerentes
á traduçăo simultânea para Portuguęs, devendo os demais Estados da CPLP fazerem a devoluçăo, a posterior.
"Se for realizada em África, fundamentalmente na África Austral, Angola vai ter de assumir a liderança desse processo, procedendo ao pagamento das despesas inerentes
á traduçăo e os outros países fazem as respectivas devoluçőes", explicou.
Caso a actividade ocorra em solo angolano, precisou,
Angola também assumirá a responsabilidade da traduçăo para a Língua Portuguesa, mas os custos serăo repartidos.
Esclareceu que os custos foram repartidos em funçăo da capacidade financeira ou do Produto Interno Bruto dos respectivos países, sendo que Angola é o terceiro país no "raking" lusófono, depois do Brasil e Portugal.
"Angola tem alguma quota mais acrescida em relaçăo a outros países, como Săo Tomé e Príncipe, Guiné Bissau e Timor Leste, mas săo valores suportáveis, dentro dos nossos orçamentos", complementou Pedro Neri.


Fonte : ANGOP

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal